DoresNenhum comentário

Criança com 4 anos e 4 meses de idade

Agora seu filho, que antes era tão pequenininho e indefeso, já conta histórias, já consegue interpretar, fazer vozes diferentes na hora de contar algo para dar ênfase e também já narra acontecimentos. Pois é, quem te viu, quem te vê, não é mesmo?

Chegando aos 52 meses de vida do pequeno, ou seja, nos quatro anos e quatro meses de vida, o seu filho está só aperfeiçoando tudo o que já foi aprendido no que diz respeito à própria capacidade de se comunicar. Lembra-se das 300 a 1000 palavras que ele poderia chegar com 3 aninhos? Esse vocabulário, além de já ter ao menos duplicado, agora também é o responsável pelas frases gigantescas e coerentes que o seu pequeno filho já pode e consegue montar.

Criança com 4 anos e 4 meses de idade

Com o grande vocabulário e as frases que já podem ter de 5 a 6 palavras, o seu filho pode manter um diálogo não só com os pais, mas com qualquer outro parente ou coleguinha que queira conversar, pois o seu diploma em tagarela se desenvolve cada vez mais.

Mas, mesmo assim, os pais não devem parar de estimular os pequenos, pois certamente ainda falta muito vocabulário a ser aprendido, além, é claro, da diferenciação entre os tempos verbais, a colocação de plural corretamente, a contagem de números e etc.

Sendo assim, papais, continuem comprando muitos livrinhos para ler aos pequenos. Por vezes, leia com a criança no colo, mostrando todas as imagens presentes no livro, pois é assim que ele se sentirá ainda mais instigado a aprender. Conforme o seu filho dá ouvidos a novas histórias na hora de dormir ou até mesmo em outras, sua capacidade de contar as mesmas no outro dia se torna cada vez maior, estimulando então o talento de narrador do seu pequeno.

Sendo assim, é muito comum que seu filho acorde no dia seguinte lembrando-se da aventura que lhe foi contada no dia anterior, além de adicionar outros personagens ou acontecimentos àquela mesma história. Em pouco tempo, o seu pequeno (que já está grandinho) poderá contar as suas próprias histórias, fazendo um ‘mix’ entre a ficção e a sua vida cotidiana!

corrente de ora������§������£o

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário