HigieneNenhum comentário

Toda futura mamãe não mede esforços para que seu bebê nasça perfeito e com saúde. Para que isso aconteça, são necessários vários cuidados durante toda a gestação. Entre eles, uma dieta balanceada para fornecer os nutrientes necessários para o desenvolvido do bebê e, também, para a saúde da gestante. As vitaminas e nutrientes ingeridos durante as refeições garantem as condições ideais para que o bebê se desenvolva saudável. Vários problemas de doenças e má-formação são provocados pela falta de componentes essenciais e, um deles, é bastante conhecido pelas grávidas: o ácido fólico.

O ácido fólico é tão importante que a mulher deve começar a ingeri-lo mesmo antes de engravidar e, se ingerido na quantidade correta, pode prevenir complicações na formação da coluna cervical, falhas no desenvolvimento do cérebro e sistema nervoso, diminuir a incidência de partos prematuros, contribuir para a diminuição dos enjoos da mãe durante a gravidez e, ainda, melhorar o leite materno.

Estudos recentes garantem que se o pai também ingerir doses diárias de ácido fólico antes da concepção, também estará contribuindo para evitar a má-formação do feto. Como se vê, é um nutriente indispensável e essencial para o desenvolvimento do bebê. É importante lembrar que o ácido, que é uma vitamina do grupo B, não é importante somente para as grávidas e seus bebês, mas para pessoas de todas as idades, pois é essencial para os processos metabólicos e para a formação do sangue.

A importância de uma dieta rica em alimentos para a gestante

Em algumas situações, os médicos receitam suplementos para suprir a necessidade do organismo, principalmente nas primeiras semanas de gravidez. As mamães podem ingerir o ácido fólico de forma natural, sem a necessidade de se valer dos medicamentos. Uma dieta rica em alguns tipos de alimentos pode ajudar a manter a reserva de ácido fólico no organismo – entre eles, verduras verdes (couve, brócolis, espinafre, escarola), batata, feijão, lentilha, ervilha, gérmen de trigo, aspargos, cogumelos, amendoim, frutas cítricas (laranja, limão, tangerina), melão, ovo cozido, salmão, fígado e carnes vermelhas.

O ácido fólico é recomendado por médicos para repor as reservas que caem durante a gravidez

O ácido fólico é recomendado por médicos para repor as reservas que caem durante a gravidez

Todas as pessoas mantêm uma reserva de ácido fólico no organismo, mas, no caso das grávidas, essas reservas caem e, se não repostas rapidamente, podem desencadear processos anêmicos, bastante comuns durante a gestação. Quando a sua falta é detectada, os médicos receitam medicamentos para repor rapidamente e garantir o desenvolvimento saudável do bebê, assim como a saúde da futura mamãe.

Uma das vantagens do ácido fólico é que ele não engorda e não apresenta efeitos colaterais. Para que todos possam ingerir a substância, no Brasil, as farinhas de trigo são enriquecidas com o ácido. É a forma que o Ministério da Saúde encontrou para que toda a população tenha acesso ao ácido.

Por que é importante ingerir ácido fólico?

Cientes da importância do ácido fólico na gravidez, tanto para os bebês, quanto para as mães, os médicos recomendam que, mesmo antes de gravidez, as mulheres que pretendem ter filhos devem aumentar a ingestão da substância. No caso dos bebês, além de evitar deficiências na formação do cérebro e da coluna cervical, ainda previne o lábio leporino e algumas doenças cardíacas, além de ser essencial para o DNA. Já para as mamães, é importante para evitar as anemias, que acabam provocando muito cansaço e fraqueza e, ainda, ajuda a prevenir a pré-eclâmpsia, doença que pode prejudicar tanto a mulher, quanto o bebê. Na quantidade correta, o ácido fólico contribuiu para o desenvolvimento da placenta, essencial para a nutrição do bebê durante a gestação. Portanto, a manutenção de boa reserva do ácido fólico no organismo é importante para um parto tranquilo e um bebê saudável, mas é bom salientar que a substância é importante para todos, pois ajuda a prevenir uma série de doenças – entre elas, as cardíacas.

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário