PERGUNTE

Faça a sua pergunta agora! Descubra um mundo novo com suas futuras amigas que estão em gestação e aproveite o momento tirando suas dúvidas e fazendo com que sua gravidez se torne ainda mais feliz e esperançosa.

RESPONDA

Agora não existe mais dificuldade entre entender o que voc ê está passando durante o momento da gravidez. Seja corajosa e encontre a solução do momento apenas procurando respostas que sejam úteis para a sua gravidez.

Você está aqui: Semana a Semana » Gravidez » Dúvidas » Parto normal sem anestesia

Parto normal sem anestesia

Parto normal

Muitas mulheres antes mesmo de engravidar já começam a pensar no tipo de parto que desejam ter. As duas opções são a cesariana e o parto normal, sendo a cesariana uma cirurgia em que o obstetra retira o bebê do corpo da mãe por meio de uma incisão no abdômen e no útero. Essa alternativa é até mesmo necessária em alguns casos, por exemplo, quando a criança é muito grande ou está mal posicionada dentro do útero materno.

Já no parto normal, também chamado de vaginal, é um procedimento que exige muito mais a participação da mãe, que deverá fazer força para que o bebê possa vir ao mundo. Ele tem várias vantagens sobre a cesariana, sendo a primeira delas o próprio fato de que o corpo da mulher já é preparado para dar à luz por meio do parto normal.

Imagem ilustrativa de um parto cesarea (GettImages)

Imagem ilustrativa de um parto cesarea (GettImages)

Desse modo, após um parto normal, a mulher se recupera mais rapidamente do que se tivesse feito uma cesariana, além disso, tem menores riscos de contrair alguma infecção durante o procedimento. Mesmo com os pontos positivos do parto vaginal, muitas mulheres acabam optando pela cesariana por medo das dores.

Hoje em dia, o parto normal pode ser anestesiado, normalmente se utiliza a anestesia peridural, para que a mulher não sinta dor. Porém, ela deve permanecer consciente para seguir as orientações do médico, fazendo com que a criança nasça normalmente.

Parto normal sem anestesia

Ainda que exista a opção de anestesia peridural para o parto normal, o procedimento também pode ser feito sem anestesia, alternativa que apresenta algumas vantagens. O primeiro aspecto a ser mencionado é que há um mito muito grande em torno do parto normal, já que a intensidade das dores varia de mulher para mulher, por isso, não é possível afirmar o quão “insuportável” ela possa ser.

Se a gestante estiver relaxada no momento do parto, as dores já diminuirão consideravelmente. Para isso, é importante que ela confie no médico e que tenha tirado todas as suas dúvidas previamente. Além disso, se estiver acompanhada pela família, também se sentirá mais segura e tranquila. Durante todo o trabalho de parto, ocorre a liberação do hormônio endorfina, responsável pela sensação de relaxamento, por isso, no decorrer do procedimento, a gestante tende a se sentir cada vez melhor.

Outro aspecto importante do parto normal sem anestesia é o fato de que a dor serve de orientação para a mulher. Esse estímulo faz com que a futura mamãe procure uma posição melhor e responda aos estímulos, fazendo força para que o bebê saia do útero. Levando em consideração de que o parto vaginal depende desse trabalho da mãe, se ela estiver consciente do que está acontecendo, sua participação será melhor.

Muitas vezes, o tempo que decorre do momento em que a mãe entrou em trabalho de parto até o nascimento da criança não chega a ser longo, de modo que a mulher não sente as dores por muito tempo. E ver o rosto da criança é capaz de compensar qualquer esforço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *