PERGUNTE

Faça a sua pergunta agora! Descubra um mundo novo com suas futuras amigas que estão em gestação e aproveite o momento tirando suas dúvidas e fazendo com que sua gravidez se torne ainda mais feliz e esperançosa.

RESPONDA

Agora não existe mais dificuldade entre entender o que voc ê está passando durante o momento da gravidez. Seja corajosa e encontre a solução do momento apenas procurando respostas que sejam úteis para a sua gravidez.

Você está aqui: Semana a Semana » Gravidez » Dúvidas » Parto normal com anestesia

Parto normal com anestesia

Parto normal com anestesia

A grande vantagem do parto normal com anestesia é bem clara: a mulher não sente dor alguma depois que ela é aplicada. No entanto, você sabia que o parto natural sem anestesia pode ser muito mais saudável para a saúde da mulher e do bebê? Afinal, o parto normal com anestesia faz com que sejam necessárias muitas mais intervenções do que no processo natural do nascimento do bebê.

Como é feito o parto normal com anestesia?

Na verdade, trata-se de analgesia, já que a gestante continua a sentir o movimento dos pés e das pernas durante o parto. A mãe não sentirá dor alguma durante o processo, porém, o parto normal com anestesia pode fazer com que o momento seja prolongado, podendo nascer a criança somente após algumas horas, com interferências.

Uma dessas interferências é em relação ao uso da ocitocina sintética. A ocitocina se trata de um hormônio liberado quando a gestante entra em trabalho de parto, durante as contrações. Por isso, no parto com anestesia, ela é utilizada de forma sintética, já que é responsável por acelerar o procedimento, facilitando a saída da criança do útero.

Ilustração de uma mamãe em um parto normal (Gettyimages)

Ilustração de uma mamãe em um parto normal (Gettyimages)

No entanto, quando a ocitocina sintética é usada de forma errada, ela pode fazer com que sejam necessárias mais intervenções ainda, como o uso do fórceps para retirar o bebê e maiores chances de que o médico tenha que romper a bolsa.

Em situações normais, em que o bebê já está pronto e maduro para nascer, o parto normal com anestesia não apresenta nenhuma contra indicação e se trata de uma opção para as mulheres que tremem só pensar na dor mais comentada do mundo, a dor do parto. Porém, há de se ter em mente que a intensidade da dor é diferente de mulher para mulher, e você pode ter um parto normal sem anestesia e sem intervenções, que é a forma mais saudável.

Parto normal com anestesia x Parto normal sem anestesia

No processo com anestesia, quando o bebê nasce somente algumas horas depois da aplicação, pode acontecer de a criança apresentar baixos reflexos e sonolência, pois a anestesia pode ser sentida pelo bebê. Porém, não é necessário se preocupar, já que a anestesia não oferece risco algum à saúde do recém-nascido.

Um risco do parto normal com anestesia é em relação à respiração do bebê, mas se trata de um risco baixo. Isso acontece porque, no parto com anestesia, são utilizadas substâncias, como a morfina, para cessar a dor da mulher, o que pode fazer com que ocorram algumas alterações na frequência respiratória do bebê. Trata-se de um risco mínimo, mas que acontece em alguns casos, nos quais o médico terá de tomar algumas medidas para reverter o efeito rapidamente.

A anestesia também bloqueia o empuxo, ou seja, a vontade de fazer força. Isso impede que a mulher possa escolher qual posição se sente melhor, o que faz com seja o médico quem escolha o momento certo para empurrar. Portanto, vale a pena repensar na possibilidade de ter o parto naturalmente e sem anestesia, já que, assim, você poderá assistir tudo e não perder nada do grande momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *