1 mês a 1 ano-NamoroNenhum comentário

Insegurança no namoro

Hoje em dia, é muito comum que os namoros mais duradouros já não existam porque ninguém mais quer se envolver. E quando você para e pensa, o seu namoro já completou oito meses! São oito meses aprendendo a compartilhar uma vida toda com alguém que o seu coração escolheu. Parece perfeito, no entanto, assim como em qualquer tipo de relação, os namoros também estão sujeitos a problemas, principalmente, conforme o tempo vai passando.

Por isso, algumas dicas simples podem ajudar o seu relacionamento a durar por muito tempo! Uma delas é respeitar a individualidade da outra pessoa. Quando se começa a namorar, é natural ter vontade de permanecer ao lado da pessoa o tempo todo, passando todos os momentos com ela, no entanto, isso pode ser muito prejudicial e nada saudável para a sua relação. É muito importante ficar junto sim, mas, ao mesmo tempo, cada um deve ter as suas próprias ocupações e o seu espaço, para não correr o risco de se sentir sufocado.

Também se deve evitar expor os detalhes do relacionamento publicamente. Os conflitos que ocorrerem devem ser resolvidos entre o casal, por isso, nada de postar no Facebook ou sair contando para todo mundo, pois, assim, você estará abrindo mão da privacidade de vocês, o que não pode acontecer nunca. Em uma vida a dois, não cabem mais pessoas, isso só atrapalha!
Insegurança no namoro

A insegurança também é uma das campeãs em acabar com os relacionamentos! Embora seja mais comum entre as mulheres, os homens também podem apresentar este tipo de problema e deve-se saber como lidar com ele. O ciúme exagerado e o medo de ser substituído (a) acabam desgastando a relação. Se o seu namorado ou namorada está com você é porque ele ou ela escolheu isso e se sente bem assim, portanto, nada de pegar muito no pé.

Por fim, não esqueça de que o seu parceiro ou parceira já tinha uma vida antes de você, por isso, tem familiares, amigos e amigas a quem considera muito. Você não é obrigado (a) a gostar de ninguém, mas é fundamental respeitar essas pessoas em qualquer situação.

corrente de oração

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário