faxina na casa.. site bebe.com

28 de setembro de 2011

site bebe.com

No caso de uma mulher saudável, cuja gestação evolui sem complicações, as únicas restrições são as impostas pela condição física e pelo nível de resistência. Claro, as mudanças típicas da gravidez costumam provocar certo cansaço ou até determinadas limitações, que devem ser respeitadas. De acordo com a obstetra Viviane Monteiro da Clínica Perinatal Laranjeiras, no Rio de Janeiro, a mulher pode continuar a realizar normalmente as suas tarefas domésticas habituais, evitando apenas as atividades que necessitem de um esforço excessivo, como carregar grandes pesos, ou as que representam um evidente perigo para ela e para o feto, como subir escadas instáveis. “Deve-se evitar também qualquer ação que envolva a compressão do abdômen e o esforço exagerado da coluna vertebral”, aconselha a obstetra.
Já para as barrigudas que apresentam algum tipo de doença gestacional, como ameaça de abortamento, trabalho de parto prematuro, placenta de inserção baixa e hipertensão, entre outras, as atividades domésticas deverão ser evitadas porque, nesses casos, muitas vezes é necessário fazer repouso. Se a gestação for normal, por outro lado, as atividades estarão liberadas até o final da gravidez, inclusive.
Os cuidados com produtos de limpeza, uso de luvas e máscaras são os mesmos recomendados às mulheres não grávidas: dar preferência aos produtos neutros e hipoalergênicos, que não provocam reações alérgicas. O cuidado com o pó também deve ser redobrado. Se a mulher já apresenta algum tipo de alergia, mesmo antes da gestação, o melhor é evitar o contato.
O obstetra do Hospital Samaritano, Edilson Ogeda, em São Paulo, faz um alerta especial às mulheres que apresentam algum problema na coluna, como lombalgias, hérnias de discos e outros. Essas também precisam evitar os esforços, já que, durante a gravidez, há um sobrepeso e uma mudança do eixo postural da mulher, o que as torna mais suscetíveis a dores e agravamento desses quadros.
No mais, ele concorda: “A gravidez saudável não deve alterar as atividades domésticas habitais das mulheres”. Então, fique à vontade para continuar cuidando de seu cantinho, que logo, logo, terá mais um dono.