Você está aqui: Semana a Semana » Gravidez » Dores » Criança com 5 anos e 6 meses de idade
As semanas da gestação
Navegue pela linha do tempo do seu filho

Criança com 5 anos e 6 meses de idade

compartilhe esse link: Pergunta:(0) imprimir

Com 5 anos e 6 meses, há algo que é abundante e quase sem fim nas crianças: a energia! Isso mesmo, parece que eles têm uma pilha sem fim. Isso porque eles querem mesmo é aprontar, correr, pular, vasculhar tudo, se esconder. Mas não é fácil, às vezes, para os pais lidarem com essas máquinas incansáveis dentro de casa. Não obstante, nessa época a criança já vai para escola e dá uma grande canseira também nos professores e cuidadores, que precisam se virar nos 30 para conseguir acompanhar o ritmo destes pequenos.

Procurando atividades

Uma maneira de lidar com esse excesso de energia é ocupando o tempo das crianças com atividades construtivas que melhorem a sua qualidade de vida, tornando-as mais alegres e até mais inteligentes.

A natação

Criança com 5 anos e 6 meses de idade

A natação é um excelente esporte para crianças desta idade, isso porque ela trabalha o corpo inteiro, melhora o condicionamento cardiovascular, a coordenação e, além disso, a relação da criança com a água geralmente faz com que o pequeno se torna mais independente e confiante. Os especialistas da área de educação física dizem que até recém-nascidos podem praticar o esporte, desde que acompanhados pelas mães, evidentemente.

Um equipamento bom na hora da natação são os óculos de mergulho. Eles impedem que a água fique em constante contato com os olhos evitando irritação no globo ocular. A touca de natação também é importante, além de higiênica (ela não deixa os cabelos caírem na água), ela melhora o desempenho aerodinâmico do corpo melhorando o desempenho na água.

Se seu filho tem medo de água, tenha calma, todo medo é superável com muito carinho e paciência. Leve seu filho a clubes que disponham de piscinas mais rasas para que ele vá se habituando a sensação de estar na água enquanto se socializa com outros amiguinhos da idade dele. Sempre o elogie: isso dará mais motivação à criança, o que faz com que ela tenha mais autodeterminação e vença com mais facilidade o medo de água.

Boias de braço podem ser usadas, mas só no começo, o ideal é que a criança desenvolva consciência corporal plena a ponto de boiar, nadar conforme quer. Isso pode evitar futuros acidentes. As estatísticas mostram que crianças que não sabem nadar têm muito menos possibilidade de se afogarem em comparação com crianças que já sabem nadar.



Comente sobre este assunto