DoresNenhum comentário

Criança com 5 anos e 5 meses de idade

Com 5 anos e 5 meses seu filho já começa a parecer não tão pequenino, por conta disso, alguns pais acabam diminuindo o contato emocional com a criança e também diminuindo as tarefas com ela. Segundo os especialistas em neurociência isso não é só ruim, como também é altamente não recomendável, isso porque o pleno desenvolvimento neuro cognitivo demanda também de carinho e afeto dos pais. Se isso for negligenciado, o desenvolvimento pleno também pode estar comprometido.

Por isso, não poupe meios de mostrar ao seu filho o quanto você o ama e o quanto ele é importante para você e para o mundo. Uma forma divertida de aproximar pais e filhos é contar histórias. Por isso, continue a contar histórias ao seu filho nessa idade, isso fará com que ele se sinta mais seguro, amado e também irá trabalhar as capacidades lúdicas, além de garantir uma noite de sono mais tranquila.

Criança com 5 anos e 5 meses de idadePais fiquem atentos. Nessa idade já é possível se aferir se a criança é canhota ou destra. Se você identificar que seu filho é destro ou canhoto, não o force a executar atividades com os membros com que ele tenha mais dificuldade. O grande problema é que a maioria dos objetos é feita para a manipulação de destros. Tesouras por exemplo, a maioria delas é projetada para os destros, abridores de lata, entre outros. Tente ajudar seu filho a encontrar formas de melhor lidar com tais dificuldades.

A maioria das crianças nessa idade já vai para escola, o que é bom, sobretudo no que diz respeito às oportunidades de socialização. Contudo, por vezes as crianças precisam ser acompanhadas por profissionais, como psicopedagogos e psicólogos, para o pleno desenvolvimento. Atenção, se seu filho demonstra dificuldade na escola, costuma se molhar ou sujar durante o dia, não se adapta bem a ausência da mãe ou do pai durante o horário da escola, talvez seja hora de buscar orientação profissional.

O acompanhamento profissional deve ser contínuo, quanto antes se identificarem os problemas e também suas soluções, mais eficiente serão as vias do tratamento e, consequentemente, melhor será o desenvolvimento da criança no que tange às capacidades neuro cognitivas. Procure sempre um profissional especializado e com registro profissional no conselho da profissão.

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário