DoresNenhum comentário

Criança com 4 anos e 2 meses de idade

Com quatro anos e 2 meses de idade, geralmente as crianças começam a surpreender seus pais por conta das habilidades que já dominam. Nessa idade, por exemplo, elas já conseguem entender bem e executar ordens que envolvam mais de três ações diferentes, por exemplo:

Pegue esta quantidade de ração, leve para o cachorro, coloque no recipiente de alimentação dele.

Ela já consegue analisar as singularidades e peculiaridades das coisas e compará-las. Por exemplo, motos: as crianças nessa idade já conseguem identificar que elas diferem entre si pelo tamanho, cor e também no formato. Essa identificação comparativa se dá também em relação aos nomes.

Trabalhe as capacidades mentais de seu filho

Criança com 4 anos e 2 meses de idadeFaça exercícios onde ele tenha que recrutar a memória e o raciocínio lógico. Por exemplo, peça que ele desenhe um corpo humano, parte por parte, depois descreva o que faz cada um dos membros (pernas, braços); peça para ele distinguir entre as fases do dia (manha, tarde e noite) desenhando-as e as colorindo de acordo com as características das mesmas. Você notará que seu filho começará a dar valor a detalhes que, por vezes, passam despercebidos por nós, como as cores dos diferentes insetos, ou os diferentes tipos de latidos de cachorro.

Eles também geralmente começam a identificar formas e palavras simbólicas. Por exemplo, embalagens de refrigerante e doce, quando a criança nessa idade vê o slogan numa propaganda de outdoor, muitas vezes, simbolicamente ela já é capaz de aludir ao produto.

Outra atividade interessante para estimular as capacidades neuro cognitivas do seu filho é montar um grande álbum com fotos de muitos dos que convivem com seu filho, como amiguinhos de escola, primos, tios, tias, avós, irmãos e pedir para que ele repita o nome de cada um dos que estão nas fotos e também descreva características psicológicas dessas pessoas. Você se surpreenderá com a capacidade de exercer juízo de valor que as crianças dessa idade têm, entretanto, elas, por vezes, são inocentes e esboçam julgamentos embaraçosos, sobretudo na frente de terceiros. Tenha paciência, não brigue, mas converse e instrua que algumas coisas não devem ser ditas em algumas situações porque isso pode, por exemplo, ofender outras pessoas.