DoresNenhum comentário

Criança com 3 anos e 3 meses de idade

A fase de imitar tudo o que os outros fazem já passou, mas continua presente durante muitos anos na vida das crianças. Isso serve tanto para brincadeiras, quanto para a hora de costumes que são adquiridos e permanecem presentes durante toda a vida.

A alimentação é um dos exemplos mais fortes, já que quando ainda são bebês, a alimentação é basicamente o que vai na mamadeira ou as papinhas que os pais servem para a criança. Porém, na idade de 3 anos e 3 meses, as crianças já têm coordenação motora suficiente para segurar seus próprios pequenos talheres infantis, e também têm força de expressão mais do que suficiente para demonstrar quando não gostam de algum tipo de alimento ou quando não estão satisfeitos com o que estão comendo.

Criança com 3 anos e 3 meses de idade

É aí que dar o exemplo é a melhor maneira de convencer seu bebê a tomar gosto por frutas, legumes, sopinhas, e alimentos mais saudáveis. Não adianta forçar seu filho a comer alimentos saudáveis enquanto você come salgadinhos, bebe refrigerante e come doces frequentemente. Seu filho começará a se perguntar o motivo de só ele ter que seguir as regras de alimentação, já que nem você as segue. Sendo assim, a melhor estratégia é saber dosar cada um dos tipos de alimentos.

É claro que docinhos e sobremesas são muito bem-vindos, até para que o bebê consiga conhecer novos sabores. Porém, inserir ingredientes como frutas e alimentos saudáveis nessas situações é essencial. Os costumes adquiridos e mantidos nessa fase da vida poderão definir se durante todo o resto da vida desse bebê, frutas, verduras e legumes estarão presentes ou não na alimentação diária, garantindo bem estar e saúde. Comer saladas, sopas, verduras, frutas e o máximo de alimentos saudáveis na frente da criança e de maneira natural será a melhor e mais efetiva maneira de demonstrar para seu bebê o que ele deve comer.

A birra será um obstáculo a ser ultrapassado mais facilmente se as regras valerem para as crianças e também para os pais. Portanto, durante as refeições diárias, evite refrigerante e aposte em comidas e bebidas saudáveis. O negócio é tornar doces e refrigerantes como alimentos a serem consumidos em situações como festas, final de semana e assim por diante, para que não sejam itens consumidos diariamente.

corrente de ora������§������£o

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário