HigieneNenhum comentário

Quando se fala em alimentação durante a gravidez, a maior preocupação é com o desenvolvimento saudável do bebê e com a saúde da futura mamãe. O que é necessário consumir para garantir a saúde do bebê e da mãe? Já se sabe que não é a quantidade, mas a qualidade dos alimentos que pode interferir de forma benéfica para que a gestação transcorra tranquila e para que o bebê venha ao mundo perfeito e com muita saúde. Regimes não são recomendados durante a gravidez, mas uma dieta balanceada e nutritiva é importante para que a futura mamãe garanta que o bebê cresça forte e saudável e, ainda, para que a gestante não ganhe muito peso.

O consumo de vitaminas e sais minerais são essenciais durante a gravidez. Assim, a mulher deve se alimentar bem e a escolha dos alimentos pode garantir a cota de nutrientes de que ela e o bebê necessitam. Frutas, legumes, verduras, carnes, leite e derivados na quantidade correta e muita água deve ser ingeridos em pequenas porções durante o dia. As vitaminas encontradas nesses elementos são importantes para garantir o desenvolvimento saudável do bebê e saúde da mamãe. Sais minerais, vitaminas, ferro, ácido fólico e líquido, entre outros, são imprescindíveis durante toda a gestação.

A importância de consumir os nutrientes necessários durante a gestação

Sabendo da importância de cada nutriente e onde encontrá-los, a futura mamãe pode montar um cardápio para que sua alimentação esteja de acordo não só com a suas necessidades, mas também do bebê. Entre os nutrientes mais importantes está o ferro, encontrado em carnes, fígado, ovos, verduras. Já o ácido fólico é encontrado em vegetais verdes, como espinafre, couve ou brócolis, nos cereais e frutas cítricas. Também o magnésio deve fazer partes da dieta e pode ser encontrado nas nozes, soja, cacau, frutos do mar, cereais integrais, feijões e ervilhas.

O cálcio é encontrado no leite, e é muito importante para o desenvolvimento do bebê

O cálcio é encontrado no leite, e é muito importante para o desenvolvimento do bebê

O cálcio, importante para formação dos ossos do bebê, pode ser encontrado no leite e derivados, bebidas à base de soja, gema de ovo e cereais integrais. Os carboidratos são importantes ao fornecer energia para a mamãe e o bebê e podem ser ingeridos ao consumir arroz, pães, massas e cereais. As proteínas também contribuem e podem ser encontradas nas carnes, feijão, leite e derivados. O consumo de gordura, ou lipídeo, é importante na formação do sistema nervoso do bebê e pode ser encontrada nas carnes, leites e derivados, salmão, azeites e no abacate. Ao consumir todos esses nutrientes a futura mamãe está garantindo sua saúde e o desenvolvimento saudável do seu bebê.

A importância das vitaminas para a gestação

Além dos nutrientes, as vitaminas devem ser ingeridas para complementar a dieta da mãe e do bebê, por isso, é muito comum os médicos indicarem o consumo de alimentos ricos em vitaminas durante a gestação. Algumas mamães consomem suplementos vitamínicos para suprir suas necessidades durante a gestação, mas eles não devem se consumidos sem o acompanhamento do médico. Mas, de forma natural, através dos alimentos, elas são essenciais e fazem a diferença no desenvolvimento do bebê. A vitamina A, por exemplo, atua no desenvolvimento celular e ósseo, além de contribuir para a imunidade da gestante e podem ser encontradas em alimentos como leite, gema de ovo, fígado, laranja, mamão, couve e vegetais amarelos.

As vitaminas do complexo B são importantes na formação das células novas, inclusive as vermelhas do sangue, e no desenvolvimento do sistema nervoso. Elas são encontradas nos vegetais, grãos integrais, nas carnes, peixes e no leite. Já a vitamina C atua na formação de tecidos novos e ajuda na absorção do ferro dos alimentos, podendo ser ingerida através do consumo de frutas cítricas, papaia, vegetais verdes e batatas. Para a absorção do cálcio e desenvolvimento dos ossos do bebê, a futura mamãe deve consumir alimentos ricos em vitamina D, entre eles peixes, especialmente o salmão, ovos, margarina e manteiga. Já para proteger as células o bebê, devem ser consumidos alimentos ricos em vitamina E, que têm propriedades antioxidantes, como germe de trigo, gema de ovo, sementes, margarinas, nozes e vegetais verdes.

Cuidados que você deve ficar atenta

O consumo responsável de vitaminas e nutrientes é muito importante para que o bebê tenha um desenvolvimento saudável, mas, mesmo se tratando de produtos naturais, o médico deve acompanhar toda a gestação e prescrever a dieta correta para cada caso, porque cada mulher possui suas características próprias. Algumas têm mais facilidade para absorver as vitaminas e os nutrientes enquanto outras necessitam de suplementos para suprir suas necessidades e a do bebê. Assim, manter uma alimentação saudável durante a gestação é a garantia de um parto tranquilo e um bebê forte, saudável para a felicidade da família.

corrente de oração

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário