HigieneNenhum comentário

A espera de um filho é uma alegria imensa para os pais, principalmente quando são papais de primeira viagem. Tudo é novo e, inclusive, é importante que a mãe e o pai desenvolvam o aprendizado do que deve e do que não se pode fazer nesse período. A gravidez pode causar muitas alterações no humor e na vida da nova mamãe, não deixando que ela, inclusive, continue aquela dieta que estava fazendo.

A gravidez exige que a mulher ganhe peso, justamente por conta do bebê, que precisa engordar para suportar a vida, tanto dentro do útero, como (principalmente) fora dele. O maior peso que a mulher ganha é no terceiro e último trimestre de gestação – por isso, ela precisa estar atenta para a alimentação todos os dias.

Aí é que surge uma questão na cabeça de muitas novas mamães: posso usar produtos light e diet em minha dieta gestacional? Será que fará algum mal para saúde do meu bebê? Será que não perderei vitaminas e as calorias necessárias para ele se desenvolver? São muitas questões que responderemos agora, para você ter uma gravidez tranquila e bem alimentada.

Tudo com moderação

Os produtos light e diet entraram de vez na alimentação das pessoas que têm diabetes ou querem emagrecer. O detalhe é que, na gestação, algumas grávidas que querem evitar um ganho de peso muito grande ou evitar uma diabetes gestacional acabam se alimentando de alimentos que têm essa nomenclatura light ou diet. Mas o que é um produto light e outro diet?

Os alimentos diet são alimentos que têm a adição de açúcar cortada em todos seus nutrientes e tipos de açúcares. Já os alimentos light têm cortado em sua composição a adição de calorias e, às vezes, de sal e só um pouco de açúcar. Tanto um, quanto outro não são indicados pelos médicos para o consumo das gestantes.

Não abra mão do açúcar e calorias na gestação

A não ser que a mulher esteja passando por uma gestação com diabetes gestacional, é preciso ter cautela sempre com o uso de sal e açúcar na alimentação, mas deve haver a ingestão de calorias, açúcares e sal para o crescimento e saúde do bebê que está chegando.

Você pode ingerir alimentos com açúcar de forma equilibrada, mas é importante a prática leve e moderada de exercícios

Você pode ingerir alimentos com açúcar de forma equilibrada, mas é importante a prática leve e moderada de exercícios

Não se deve abrir mão da saúde da criança por causa do ganho de peso. O aumento do peso na gravidez é normal, desde que controlado com uma alimentação equilibrada e a prática leve e moderada de exercícios.

Procure ler o rótulo dos alimentos

Ao comprar um produto, seja ele light, diet ou normal, pegue o hábito de ler o rótulo e ver a composição que esse produto possui. No caso do light e diet, se seu médico liberar, procure observar quais os nutrientes que estão em zero por cento nele, pois não são só o açúcar ou sal que os produtos light e diet isentam em alguns alimentos.

Um exemplo é o chocolate, que possui menos ou nada de açúcar, porém, possui o dobro de gordura, já que o açúcar é o componente que dá não só sabor, mas a liga para ele ficar firme.

Converse com seu médico

Alguns médicos não veem qualquer problema ou restrição em uma mulher grávida fazer uso de alimentos light e diet. Porém, outros já acham que esses produtos, por conter muitos conservantes, podem ser um perigo para a saúde da gestante e do bebê.

Converse com seu ginecologista e veja se você realmente necessita se alimentar com alimentos diet e light, caso você não esteja obesa ou tenha algum tipo de problema de saúde que necessite de alimentos desse tipo. Dê preferência sempre a alimentos naturais, frescos e sem conservantes, que darão bastante saúde para você e seu filhote.

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário