HigieneNenhum comentário

Quando a mulher descobre que está grávida, este costuma ser um verdadeiro sonho realizado na vida do casal, aquilo que vem para complementar o relacionamento, trazendo mais alegria, orgulho e vida. Vida, esta é exatamente a palavra-chave da gestação, afinal, dentro do ventre materno começa a ser gerada uma nova pessoa, com um tamanho menor do que um minúsculo grão de arroz, mas que durante os nove meses posteriores vai formando cada um dos órgãos e sistemas responsáveis pela manutenção da vida. Pai e mãe observam a barriga crescer e a emoção que isso significa, esperando ansiosamente o momento de ver o rosto do bebê pela primeira vez, um momento que jamais será esquecido.

Por mais que a criança esteja apenas no ventre materno, a família toda é envolvida durante a gestação! Afinal, todos querem cuidar da futura mamãe e com toda a razão, pois a gravidez é um período que exige mesmo muitos cuidados. Em primeiro lugar, a saúde da mulher fica mais fragilizada, além disso, a qualidade da vida que a mãe leva interfere diretamente no desenvolvimento do bebê. Por isso, é necessário que a mulher grávida alimente-se adequadamente, de três em três horas, tendo acesso a todos os nutrientes necessários para ela e para a criança, o que de quebra ainda ajuda a combater as náuseas. Além disso, a gestante também pode e deve praticar exercícios físicos, desde que sejam orientados especificamente para a sua condição.

Nutrientes que não podem faltar na alimentação

Abordando mais profundamente a questão da dieta, um nutriente que não pode faltar na alimentação da gestante é a vitamina C, que atua na produção de colágeno, uma substância que constitui a pele, os vasos sanguíneos, os ossos e a cartilagem do bebê, além de fortalecer o sistema imunológico tanto da mãe quanto da criança. A vitamina C é fundamental durante toda a gestação, mas principalmente no seu segundo trimestre, ou seja, do quarto ao sexto mês. No entanto, mesmo sendo tão importante, pesquisas já constataram que as gestantes estão consumindo quantidades menores de vitamina C do que o ideal.

Frutas como laranja e mamão são ótimas fontes de vitamina C

Frutas como laranja e mamão são ótimas fontes de vitamina C

A vitamina C é encontrado em frutas como acerola (a grande campeã), além da laranja e mamão. Por isso, é importante que as gestantes tomem um copo de suco de laranja ou acerola todos os dias, ou ainda, comam uma fatia de mamão logo pela manhã, pois isso já supre a necessidade, é saudável para a mulher e para a criança que está sendo gerada em seu ventre. Além de todos os benefícios que já foram citados, há outro caso: a falta da quantidade adequada de vitamina C durante a gravidez pode fazer com que o bebê tenha problemas cerebrais irreversíveis. A deficiência da substância ainda pode provocar doenças oculares (como a catarata), o cancro, doenças cardiovasculares ou problemas nas articulações.

A vitamina C ainda é fundamental na absorção de ferro pelo organismo, além de ser primordial para a produção de alguns hormônios e nos processos de cicatrização. Além disso, é sempre importante lembrar que as mulheres grávidas não podem tomar qualquer medicamento, por isso, quando contraem uma gripe ou um resfriado, pode ser mais difícil de voltar ao normal, porém, a vitamina C ajuda a prevenir estar situações, pois tem uma atuação importante no sistema imunológico.

Mesmo que existam vários suplementos que repõem as quantidades de vitaminas necessárias ao corpo, conseguir essas substâncias a partir de fontes naturais sempre é melhor. Por isso, é fundamental que as gestantes incluam em sua alimentação diária as frutas como acerola, laranja, limão, mamão, seja alimentando-se diretamente das frutas ou tomando sucos naturais feitos com elas.

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário