Pergunta: 8 meses de casados

imprimir

‚ÄúAlegria agora, agora e amanh√£; alegria agora e depois e depois e depois de amanh√£‚ÄĚ, este trecho da m√ļsica interpretada por Daniela Mercury pode representar a satisfa√ß√£o de completar oito meses de casamento. Pode parecer muito cedo para celebrar, pois no come√ßo tudo ainda √© festa, farra, novidade, por√©m, a grande sabedoria da vida est√° em fazer dos pr√≥ximos dias, meses e anos como se fosse o come√ßo de tudo. Parece confuso, mas n√£o √©, afinal, estar com uma √ļnica pessoa por tempo indeterminado ou infinito at√© que dure √© muito atraente e envolvente. Achou a sua cara metade? Ent√£o segure firme e a conquiste diariamente, tenha sonhos e construa uma hist√≥ria.

A sapiência está em fazer do seu marido o seu melhor namorado e amante. Com certeza, esta alternativa pode ser bem melhor do que fazer do seu marido um ex-namorado e sair em busca de novas experiências. Beijar na boca e namorar é tão bom, e com mais intimidade conseguida pela convivência é ainda mais gostoso. O ideal também é aceitar e conviver bem com quem foi conquistado. Uma fórmula secreta não existe, do contrário não existiriam tantos livros de autoajuda e terapias de casal. Nada contra, e se recorrer a estas técnicas e profissionais da psicanálise, mãos à obra. O importante é ser feliz e ter laços afetivos, passando de geração para geração!Casal em momento feliz

Oito meses não são oito segundos, já foi traçada um enredo e está sendo vivido e construído por seus protagonistas e coadjuvantes. Desta maneira, procure sempre manter o respeito, admiração e carinho por quem está ao seu lado. A vida é feita de conquistas e cultivá-las é uma grande façanha ou até um jogo estratégico. Um casamento também é ardiloso e mágico ao mesmo tempo.

Já parou para planejar algo diferente e especial para comemorar oito meses de casamento? Se nunca pensou nisso, fica o alerta, pois a festividade deve ser diária. Faça, crie e construa momentos que fiquem guardados para sempre no coração e na memória. As histórias de amor bem sucedidas deveriam virar livros e biografias, pois no mundo atual em que tudo parece reciclável, até oito meses já virou uma década, afinal, em nove meses uma nova vida pode surgir.