CasamentoNenhum comentário

Casal tomando café da manhã na cama

Viver um casamento de conto de fadas é o que toda mulher deseja, mas todos nós sabemos que as diferenças e os stress do dia a dia fazem com que o encanto vá perdendo graça. Algumas pessoas já nem pensam em casar porque sabem que não vão conseguir viver do lado de outra pessoa, por isso, preferem continuar morando sozinhas e constituem um casamento em casas separadas.

Porém, se casamento fosse tão ruim, ninguém mais se casava. Seguindo o caminho contrário, cada vez mais os jovens estão realizando esse sonho. E viver mais de dois anos e seis meses ao lado de uma pessoa requer muito jogo de cintura e muita comunicação.

O ponto principal para um casamento fracassado é a mentira. Na realidade, para qualquer relacionamento dar certo, o correto é sempre falar a verdade. Confiança, lealdade e amor devem caminhar juntos, e eles são à base de uma vida feliz a dois. Como diz o ditado, “mentira tem perna curta” e, mesmo você escondendo hoje, seu (sua) companheiro (a) pode acabar descobrindo amanhã ou depois. Ser sincera (o) em todos os momentos vai ajudar não só você, como também o seu casamento. Por mais doloroso que seja, falar a verdade é essencial. Casal tomando café da manhã na cama

Faça de tudo para manter a chama do romance sempre acesa. Sabemos que, com a correria da vida, fica difícil preparar alguma surpresa, mas com criatividade você conseguirá essa missão quase impossível. De um simples recadinho na cama ou na gaveta de roupas dela, leve o café da manhã assim que ela (e) acordar, uma lingerie que ele sempre sonhou em ver você vestida, um jantar que ele ou ela cobram há tempos, um passeio no parque com direito a um piquenique. Quando estamos ao lado de quem amamos, valorizar os pequenos detalhes da vida vale muito.

Dois anos e seis meses de casamento são muita coisa, pelo menos para o casal que convive direto. Por isso, tudo o que incomoda no parceiro deve ser falado, sejam os pontos positivos ou os negativos. Faça esses comentários de maneira delicada, sutil e com muito respeito – caso contrário, o que seria para ajudar vai acabar magoando a outra pessoa.

corrente de oração

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário