CasamentoNenhum comentário

Casal passeando

Um ano e nove meses de casamento, quanto tempo! Já faz quase dois anos que você está totalmente junto com a pessoa que escolheu para ter ao seu lado, para cuidar e fazer feliz. Falando dessa forma parece até um mar de rosas, não é mesmo?

No entanto, a realidade é um pouco diferente disso! O casamento pode e deve ser algo realmente maravilhoso na vida de quem opta por essa experiência, porém, existem dificuldades pelo caminho que precisam ser corajosamente enfrentadas pelo casal.

Depois de um ano e nove meses, pode ser que a relação comece a ficar enfraquecida, o que é natural, entretanto, não é natural que vocês permitam isso. A primeira coisa a fazer é lembrar o compromisso que assumiram um com o outro, seja perante o juiz, padre, pastor ou qualquer autoridade, pois o que importa é aquilo que foi firmado entre o casal. Vocês prometeram que estariam juntos em qualquer situação, quando o relacionamento estiver passando por turbulências (que são absolutamente normais), devem pensar nisso.Casal passeando

Em segundo lugar, também é necessário respeitar as diferenças, afinal, vocês já convivem com elas há quase dois anos, isso contando apenas o período de casados! O fato de um ser diferente do outro é justamente o que traz um encanto especial para a relação, por isso, tirem proveito desse fato. Comunicação também é fundamental! Seu marido ou esposa não é obrigado a adivinhar os motivos pelos quais você não está feliz, por isso, sempre que algo começar a incomodar, o diálogo é o melhor caminho para a solução.

Manter o clima de romance é algo que dispensa comentários! Depois de certo tempo, é natural também que as coisas comecem a cair na rotina, por isso, procure sempre inovar, fazer algo diferente, apimentar a relação! Renovem sempre aquele ânimo e vontade de estarem juntos, isso é fundamental. Também é importante que cada um mantenha a sua individualidade, continue trabalhando, estudando, mantendo suas amizades, caso contrário, a sensação será de que o casamento está sufocando e esta não é a ideia. O relacionamento deve ser um laço, e não um nó!

corrente de oração

Seja o primeiro a comentar.

Adicione um comentário