Sem categoriaNenhum comentário

A gravidez é um dos momentos mais esperados e desejados pela grande maioria das mulheres. Muitas delas desejam ser mães, gostam do fato de serem únicas no universo humano com a possibilidade de dar à luz, de gerar a vida.

As mulheres são realmente seres especiais. A gravidez é um fato que demonstra a diferença das mulheres e dos homens. Porém, o que faz da mulher especial é a superação e a força que ela possui.

A forma como as mulheres lidam com as alterações do corpo, com as dificuldades da gravidez, com as restrições, orientações, modificações hormonais e consequências de uma processo biológico tão lindo e interessante, é algo único e mágico.

Biologicamente, a gravidez é um processo complexo, separado por várias etapas que evidenciam o amadurecimento do bebê. Em uma dessas fases, é possível descobrir o sexo do bebê, algo desejado não só pela mãe, mas, muitas vezes, por toda a família.

É menino ou menina? Essa é uma pergunta que os futuros papais e mamães vão escutar durante os nove meses de gestação. Quando dá para descobrir o sexo do bebê? Pode parecer brincadeira a primeira resposta, mas não é! Dá pra descobrir o sexo do bebê quando ele nasce. Você riu? Pois, saiba que muitos casais alternativos preferem esperar até o nascimento para saber o sexo do bebê. Durante esse período, vão comprando coisas unissex ou com cores neutras, que servem para meninos ou meninas. Porém, esses são casos isolados. A maioria prefere mesmo é saber rapidamente o sexo do bebê, até mesmo para facilitar e ajudar com detalhes importantes como roupas, decoração do quarto e escolha do nome.

Etapas da Gravidez

A gravidez possui três etapas. Elas são delicadas e envolvem muitas mudanças físicas no corpo da mãe e, obviamente, no desenvolvimento do bebê. Por muito tempo, os genitais da criança ficam impossíveis de serem vistos através de exames. Todavia, a partir de algumas semanas, existem métodos variados para descobrir o sexo do bebê.

Quando dá pra descobrir o sexo do bebê

Se você está muito preocupada em saber o sexo do seu bebê, pode apelar para algumas das formas que vemos sugerir a seguir. É importante você saber que existem algumas maneiras de você obter a informação. Algumas custam caro e não são cobertas por planos de saúde. Outras, mais corriqueiras, fazem parte dos serviços dos planos de saúde mais comuns.

Se você está com oito semanas de gravidez, já possível fazer um exame para descobrir o sexo de seu bebê. Nesse período, você pode fazer um exame de sangue de sexagem fetal. O problema é que esse exame custa muito caro e, por isso, muitos pais e mães preferem esperar mais um pouco.

Outra forma de descobrir o sexo do bebê, a partir de dez semanas, é por meio de um exame de urina de farmácia, que também custa bastante caro, mas algumas pessoas acabam se empolgando com essa alternativa e optam por esse exame.

A terceira opção, também com dez semanas de gravidez, é tentar descobrir o sexo do bebê por meio de exames genéticos. Eles não são recomendados, pois são invasivos – além de custarem caro, podem prejudicar a saúde de seu bebê.

Imagem ilustrativa de uma ultrasom

Imagem ilustrativa de uma ultrasom

Depois de 13 semanas de gravidez, você pode descobrir o sexo do bebê pelo método mais comum, através do ultrassom. Esse é um exame simples, sem risco para o bebê ou para a mãe, pois é feito através de uma câmera. Em casos raros, médicos erram o sexo do bebê, pois se confundem com a imagem do exame. Procure um profissional de confiança e com muita experiência antes de fazer o seu ultrassom.

Depois de 16 semanas, o ultrassom é mais certeiro, e as chances de erro despencam na hora da interpretação do exame. Portanto, a partir de quatro meses é muito mais fácil de você saber o sexo de seu bebê.