Livros

Você está aqui: Semana a Semana » 1 a 3 anos » Bebê com 1 ano e 5 meses de idade
As semanas da gestação
Navegue pela linha do tempo do seu filho

Resposta: Bebê com 1 ano e 5 meses de idade

Único: Pergunta:(0) imprimir

Com 17 meses de idade o bebê já está por assim dizer bastante espertinho. Ele já pode desfrutar da manipulação interativa de brinquedos, cores e formas. Ele reconhece com facilidade alguns brinquedos e objetos, e já sabe identificar os que são parecidos entre si e os que são diferentes. Nessa fase é comum ele se tornar um pequeno tagarela, ou seja, enquanto aprende novas palavras ele as quer pronunciar de forma repetitiva e intensa. Não reprima isso faz parte do aprendizado da fala e do aperfeiçoamento neurobiológico deste mecanismo.

Bebê com 1 ano e 5 meses de idade

Nessa idade como o bebê começa a distinguir com mais exatidão o mundo que o cerca, ele passa a adquirir um maior sentimento de posse sobre brinquedos e objetos, por conta disso, é comum que bebês dessa idade, ao interagirem com outros, entrem em conflito por não quererem dividir seus brinquedos. Isso faz com que os pais e educadores que lidam com crianças nessa idade, sejam mais do que simples adultos, sejam verdadeiros juiz de paz arbitrando sobre os conflitos infantis. Muitas vezes as crianças ficam frustradas e arremessam brinquedos e outros objetos para longe ou no chão. Nessa hora, respire fundo e tenha paciência, lembra-se que seu bebê está muito longe de saber como controlar suas emoções, o ato de jogar algo não é uma afronta, e sim um reflexo dos seus sentimentos.

As crianças nessa idade tem bastante energia, por isso querem brincar e vasculhar todos os lugares possíveis. Isso é muito saudável, recomenda-se que crianças nessa idade pratiquem pelo menos 3 horas de atividades por dia. Essas atividades podem ser intervaladas, por exemplo, em seis intervalos de 30 minutos, com descanso para as refeições e para higiene. Entretanto, eles ainda são muito inocentes quando o assunto é perigo e muito aguçados quando o assunto é curiosidade, por conta disso é preciso ter cuidado redobrado. Verifique sempre se o ambiente em que o bebê está não oferece nenhum risco, como por exemplo, pequenos objetos que podem ser engolidos, objetos pontiagudos e perfurantes, quinas de moveis, vasos, dentre muitos outros. É natural da criança que essa curiosidade se aflore e que ela passe a pesquisar o ambiente com cada vez mais intensidade, entretanto, negligenciar atenção nesses períodos pode resultar em acidentes indesejáveis.



Comente sobre este assunto